FICAMOS ALEGRES COM SUA VISITA

ESPERAMOS, QUE COM A GRAÇA SANTIFICANTE DO ESPIRITO SANTO, E COM O DERRAMAR DE SEU AMOR, POSSAMOS ATRAVÉS DESTE HUMILDE CANAL SER VEÍCULO DA PALAVRA E DO AMOR DE DEUS, NÃO IMPORTA SE ES GREGO, ROMANO OU JUDEU A NOSSA PEDRA FUNDAMENTAL CHAMA-SE CRISTO JESUS E TODOS SOMOS TIJOLOS PARA EDIFICACÃO DESTA IGREJA QUE FAZ O SEU EXODO PARA O CÉU. PAZ E BEM

AGRADECIMENTO

AGRADECEMOS AOS NOSSOS IRMÃOS E LEITORES, POR MAIS ESTE OBJETIVO ATINGIDO, É A PALAVRA DE CRISTO SEMEADA EM MILHARES DE CORAÇÕES. PAZ E BEM

quarta-feira, 3 de setembro de 2008

A PRESENÇA AMOROSA DE DEUS EM NOSSA VIDA.


"Tudo isso para que procurem a Deus e se esforcem por encontrá-lo como que às apalpadelas, pois na verdade ele não está longe de cada um de nós. Porque é nele que temos a vida, o movimento e o ser, como até alguns dos vossos poetas disseram: Nós somos também de sua raça..."(At 17, 27-28)
Porque não sentimos Deus como os Santos sentiam?
Deus é mais íntimo que o meu próprio ser.Deus nos conhece mais que nós mesmos nos conhecemos.Quantas vezes nos sentimos fracos e desanimados, porque nos falta aprender que não podemos fazer nada sem Deus. Por exemplo, no Sacramento do Matrimônio, a criatura desvia o amor de Deus para a criatura, então, ela começa a enfraquecer pela falta do amor autêntico, ou seja, ela deixa de amar o outro com o amor de Deus e com isso há o enfraquecimento do relacionamento e as consequências serão: filhos que não respeitam os pais, pais que não respeitam os filhos, marido que não respeita a esposa, esposa que não respeita o marido, brigas, drogas, bebedeiras, traição...tudo isso por colocar o amor a criatura acima do amor a Deus. Mas só poderemos amar a Deus em primeiro lugar a partir do momento que entedermos que Deus não está ao nosso lado apenas, Deus está dentro de nós, precisamos deixar que o Coração de Cristo e a Alma de Cristo viva em nós."Meu coração e minha carne podem já desfalecer, a rocha de meu coração e minha herança eterna é Deus."(Sl 73,26) O Espírito Santo está em todas e em cada parte do nosso corpo, em união. Com o pecado mortal, deixamos de sentir a presença de Deus,mas porque nós nos afastamos de Deus, nos fechamos a Graça. Acontece também que no meio da tribulação ,parece que Deus está longe de nós, mas Deus está ainda mais presente porque quer nos ajudar.Quando fazemos oração e não sentimos nada, é nesta hora que a nossa oração tem mais valor, porque Deus nos prova...é a hora da Desolação como dizia Santo Inácio em seu livro Exercícios Espirituais. Depois destes momentos de desolação, tribulação, tentações, provações, sofrimentos , solidão, sempre virá o momento da consolação,porém Santo Inácio nos atenta para que não busquemos a Deus nestes momentos para buscar a consolação dEle, mas que o busquemos A Deus, o Senhor da verdadeira consolação.Ele sabe tudo o que precisamos e sempre virá em nosso auxílio. Deus jamais permitiria que sejamos tentados além de nossas forças.É um Deus que nos ama. É um Deus perfeito. Não devemos jamais deixar Deus sozinho, nossa companhia com Deus se faz através da oração.Nossa vida deve ser de oração contínua, com isso prolongamos a comunicação com ele o dia todo, levando sempre em conta o equilíbrio, visto que temos nossas obrigações e nosso relacionamento com o próximo,e aí entra aquilo que Deus quer de nós, oferecendo o nosso trabalho por amor a Deus e para Sua Glória, tudo o que produzirmos em nosso trabalho seá uma forma contínua de oração, se nos relacionamos com o próximo enxergando nele Deus que vive dentro dele, continuamos nosso relacionamento com Deu, com conosco e com o próximo e com isso vivemos, crescemos e amadurecemos...Nada no mundo pode me causar mais atração do que meu melhor amigo: Deus, com isso até nossos pensamentos serão formas de relacionamento com ele, onde eu oro, falo, e ele ouve e fala, concedendo-me inspirações divinas, orientando-me no caminho em que devo seguir. Um acoisa importante também neste diálogo com Deus em meio as agitações, barulhos e correrias do dia-a-dia são as jaculatórias, fontes riquíssimas de comunicação com Deus.Por exemplo, se falo a Ele de coração e alma:"Jesus eu te amo". Ele te responderá "Eu também te amo".Eis aí o início do nosso relacionamento diário com Deus.Não precisa nada de extraordinário nem mirabolante. Deus é simples e age na calma, mansidão e simplicidade. Dirija-se ele com sinceridade, como se dirigisse a alguém que você ama muito e você colherá bons frutos.
Sagrado coração de Jesus, eu confio em Vós
Doce Coração de Maria, sede minha salvação.
Glorioso Patriarca São Jo´se, rogai por nós.
Divino Espírito Santo, enviai do céu, um raio de vossa Luz.
Fonte: Trecho da pregação do Retiro de Silêncio da perseverança, segundo o método de Santo Inácio de Loyola, realizado pela Associação Católica Lumen Dei.
Renata Monteiro Teixeria
Postar um comentário