Atalho do Facebook

FICAMOS ALEGRES COM SUA VISITA

ESPERAMOS, QUE COM A GRAÇA SANTIFICANTE DO ESPIRITO SANTO, E COM O DERRAMAR DE SEU AMOR, POSSAMOS ATRAVÉS DESTE HUMILDE CANAL SER VEÍCULO DA PALAVRA E DO AMOR DE DEUS, NÃO IMPORTA SE ES GREGO, ROMANO OU JUDEU A NOSSA PEDRA FUNDAMENTAL CHAMA-SE CRISTO JESUS E TODOS SOMOS TIJOLOS PARA EDIFICACÃO DESTA IGREJA QUE FAZ O SEU EXODO PARA O CÉU. PAZ E BEM

AGRADECIMENTO

AGRADECEMOS AOS NOSSOS IRMÃOS E LEITORES, POR MAIS ESTE OBJETIVO ATINGIDO, É A PALAVRA DE CRISTO SEMEADA EM MILHARES DE CORAÇÕES. PAZ E BEM

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Deus nunca descansa.


“Olho para os montes e pergunto: “De onde virá o meu socorro?” O meu socorro vem do Senhor Deus, que fez o céu e a terra. Ele, o seu protetor, está sempre alerta e não deixará que você caia. O protetor do povo de Israel nunca dorme, nem cochila. O Senhor guardará você; ele está sempre ao seu lado para protegê-lo. O sol não lhe fará mal de dia, nem a lua, de noite. O Senhor guardará você de todo perigo; ele protegerá a sua vida. Ele o guardará quando você for e quando voltar, agora e sempre.” Sl 121 NTLH Todo trabalhador precisa de um tempo de férias. As férias mexem com as expectativas dele. Ele faz projetos para si nessa época. É um tempo de sossego com a família, uma viagem, e outros tantos projetos pairam na mente do merecedor das férias. Todavia, é fácil perceber que na vida há quem nunca tira férias, como é o caso do coração, que trabalha constantemente; dos pulmões; e de Deus, que, por sua natureza eterna, também não para. É a ele, quanto a este constante trabalhar, que me refiro nesta reflexão. O salmo acima diz que Deus, como protetor de Israel, nunca dorme nem cochila. Deus não tira férias. Ele tem o universo para cuidar, o mundo com tudo que nele existe e ainda um grande número de pessoas que Ele escolhe para oferecer proteção especial; este grupo é formado pelo povo de Israel, conforme diz o salmista. Ele declara com tons de segurança que confia plenamente em Deus para ser o seu socorrista: “O meu socorro vem do Senhor”. A esperança de socorro do salmista pode ser também a nossa, pois o Deus em quem ele expressa confiança afirma que não cochila nem dorme e é também o Deus que não morre, e tem as reais condições de socorrer o aflito a qualquer tempo. Não sei exatamente qual situação de emergência moveu o salmista a declarar a confiança em Deus para lhe dispensar socorro, mas posso imaginar várias situações que levam uma pessoa a fazer tal declaração. Vou fazer aqui algumas perguntas. Será que o salmista ia fazer uma longa caminhada passando pelos montes, enfrentando o calor do dia, já que ele fala de sol? Será que ele temia as feras do campo durante a noite, uma vez que ele se refere à lua? Será que nessa caminhada corria o risco de enfrentar bandidos? Na verdade, não é necessário haver nenhum perigo visível diante de nós. A vida é uma caminhada com permanentes riscos. O certo é viver na companhia de Deus em todo o tempo, sabendo que seu socorro é o único imediato, pois Ele não dorme, não cochila, não morre e ainda tem os seus anjos, que estão disponíveis para assistir aos que vão herdar a salvação, conforme registro de Hebreus – “Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação?” Hb1.14. Quando nossa vida está afinada com Deus, podemos fazer a mesma declaração de fé que o salmista fez: “O meu socorro vem do Senhor”. Podemos confiar nos cuidados permanentes de Deus à nossa disposição. Ele está sempre disponível em tempo de paz, alegria, harmonia e também nos momentos de aflição, pois ele não tira férias. Paz e be
Postar um comentário